Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Notícias da Revista Ferroviária



« Voltar
   

Modelo comercial do Metrô-Barra Funda precisa ser replicado

21/09/2017 - Revista Ferroviária

O melhor aproveitamento de espaços livres nas estações, destinando-os para pontos comerciais e de serviços, é fundamental para as operações do metrô, segundo o analista de marketing da DB Station & Service da DB International (Deustche Bahn), Oliwer Wittik.

O recado foi deixado pelo conferencista internacional na tarde de terça-feira (19/09/2017), logo no 1º dia da 23ª Semana de Tecnologia Metroferroviária, na Universidade Paulista (UNIP), Rua Vergueiro, 1.211, no Paraíso, em São Paulo.

“A Alemanha reforma estações para aumentar espaços para comércio e serviços, mantém redes de farmácia e padarias e se associa a redes internacionais de fast-food e cafés”, comentou o palestrante.

O modelo de melhor resultado econômico inclui também estacionamentos próprios ou terceirizados, tal como ocorre na Estação Palmeiras-Barra Funda, em São Paulo. O funcionamento de lojas 24 horas e shopping centers anexos também são interessantes, diz o alemão.

Com o aluguel dos espaços, entre outras possíveis receitas, o metrô custeia as operações e se torna mais amigável para os usuários, estreitando as relações com eles. Trata-se de uma ação comercial com impacto direto na imagem e reputação.



Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter


Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, terça-feira, 12 de dezembro de 2017
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária