Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Notícias da Imprensa



« Voltar
   

Rumo obtém empréstimo de R$ 2,9 bi do BNDES

08/08/2018 - Valor Econômico

Após longo tempo de avaliação, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou empréstimo de R$ 2,89 bilhões para a concessionária de operações de ferrovia e porto Rumo Logística, controlada pelo grupo Cosan. O empréstimo foi aprovada às controladas Rumo Malha Norte e Rumo Malha Sul.

Os recursos serão aplicados na modernização de vias férreas operadas pela empresa, na construção de novos pátios de cruzamento, aquisição de vagões e locomotivas e em novas tecnologias.

O empréstimo foi solicitado ao banco de fomento em 2016, um ano depois da fusão da Rumo com a América Latina Logística (ALL), empresa que administrava a concessão das quatro linhas ferroviárias do antigo espólio da Rede Ferroviária Federal (RFFSA).

Os recursos vêm se somar aos que a Rumo levantou nos últimos três anos com dois aumentos de capital - cada um de R$ 2,6 bilhões -, uma operação de reequilíbrio da dívida e de duas emissões de bonds (títulos) no mercado internacional - de US$ 750 milhões, em 2017, e outro de US$ 500 milhões, em janeiro.

O empréstimo, os aumentos de capital e as captações integram o ajuste para executar seu plano de negócios de longo prazo.

Assim como outras concessionárias de ferrovias, a Rumo também trabalha junto ao poder concedente a renovação antecipada de suas concessões - Malha Paulista (corredor Rondonópolis-MT ao porto de Santos-SP).

Procurada, a Rumo informou, via assessoria de imprensa, que não pode comentar o assunto por estar em período de silêncio devido à publicação de seu balanço do segundo trimestre.

No começo da noite a empresa divulgou balanço do segundo trimestre com prejuízo líquido de R$ 34,5 milhões, avanço de 14,5% ante as perdas de R$ 30,2 milhões no mesmo período do ano passado. Também na comparação anual, a receita líquida subiu 10,5%, para R$ 1,6 bilhão.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) cresceu 15,1% de abril a junho de 2018 ante 2017, para R$ 843,7 milhões. A margem Ebitda passou de 48,6% para 50,7%.

No segundo trimestre de 2017, a Rumo apresentou volume transportado de 13,5 bilhões de TKU (toneladas por quilômetro útil), alta de 9,3%, na comparação anual.

Segundo a empresa, o mês de abril foi positivo com forte demanda por transporte de soja, mas em maio houve impacto negativo da greve dos caminhoneiros, principalmente na operação de grãos com origem em Mato Grosso. Em junho, a empresa retomou a normalidade das operações.

 

Fonte: https://www.valor.com.br/empresas/5719475/rumo-obtem-emprestimo-de-r-29-bi-do-bndes




Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter

 Notícias Relacionadas
BNDES faz a análise de novos financiamentos para ferrovias
Rumo critica demora na prorrogação de concessões ferroviárias
BNDES mira em infraestrutura e pequenas empresas



Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, quinta-feira, 16 de agosto de 2018
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária