Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Notícias da Revista Ferroviária



« Voltar
   

Linhas 15-Prata e 5-Lilás têm os maiores intervalos entre trens no Metrô SP

02/10/2018 - Revista Ferroviária

O intervalo entre trens na Linha 5-Lilás é de quase três minutos (179 segundos) no horário de pico. Já nos horários de vale - menor movimento -, o intervalo médio é de um pouco mais de cinco minutos (321 segundos). As demais linhas do Metrô SP (1- Azul; 2-Verde; 3-Vermelha e 4-Amarela) operam com intervalo médio menor no horário de pico (128, 136, 111 e 106 segundos, respectivamente), com exceção do monotrilho da Linha 15-Prata, cujo headway é de 444 segundos.

A Linha 5-Lilás opera com o sistema de sinalização CBTC (sigla em inglês para Controle de Trens Baseado em Comunicação) desde fevereiro de 2017, fornecido pela Bombardier. A ViaMobilidade, responsável pela operação e manutenção da linha, recebeu do governo uma frota de 34 trens. Parte são da frota F, formada por oito carros entregues em 2001 (fabricação Alstom/CAF/Adtranz/Siemens) e parte da P, que são 26 trens fabricados pela CAF.

“Essa linha tem como premissa fazer a integração com as linhas 1-Azul e 2-Verde do Metrô e 9 da CPTM. Nossa grande referência é a Linha 4-Amarela, que tem padrão de qualidade reconhecido”, disse o diretor de Operações da concessionária, Francisco Pierrini, após a inauguração da estação AACD, em agosto. 

Com as inaugurações das três novas estações (Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin), na semana passada, a Linha 5-Lilás passou a fazer interligação com outros dois ramais do metrô, as linhas 1-Azul e 2-Verde. Agora a linha, que atualmente recebe por dia cerca de 320 mil pessoas, deverá transportar 855 mil passageiros diariamente, segundo dados do Metrô de SP.

As três estações que foram inauguradas na semana passada devem receber, ao todo, uma demanda prevista de 243.370 usuários novos/dia, diz o Metrô. A estação que deve receber a maior demanda é a Santa Cruz, que possui conexão com a linha 1-Azul (Jabaquara-Tururuvi), com 138.430 novos usuários.

Inicialmente, a concessionária ViaMobilidade vai operar as três novas estações todos os dias, das 10h às 15h, com cobrança de tarifa, no formado conhecido como “operação reduzida”. O horário de atendimento dessas estações será ampliado gradativamente até chegar à operação plena. Para que a linha fique completa faltará apenas a estação Campo Belo, no meio do ramal, prevista para ser entregue em dezembro.

A ViaMobilidade, consórcio formado pelo Grupo CCR e pela RuasParticipações, assumiu a Linha 5-Lilás no último dia 4 de agosto. A empresa, formada pelas empresas CCR e RUASinvest, venceu a licitação para concessão das linhas 5-Lilás e 17-Ouro, que está em construção, ao oferecer ao governo do estado outorga fixa de R$ 553,8 milhões. A concessionária passou a administrar a rede pelo período de 20 anos. Ao longo de todo o prazo da permissão, a expectativa é de R$ 3 bilhões em investimentos.



Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter


Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, quarta-feira, 12 de dezembro de 2018
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária