Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Notícias da Revista Ferroviária



« Voltar
   

Linha 3 deve entrar em operação em dezembro

23/11/2018 - Revista Ferroviária

RF - VLT Carioca iniciou os testes na linha que ligará a Central do Brasil ao Aeroporto Santos Dumont

A Linha 3 do VLT Carioca, cujos testes sem passageiros tiveram início essa semana, deve entrar em operação em dezembro. Essa é a expectativa da operadora VLT Carioca, que estima crescimento entre 20% e 30% de usuários no sistema que já transporta 70 mil pessoas em média, por dia, nas duas linhas já existentes – Linha 1 (Rodoviária-Aeroporto Santos Dumont) e Linha 2 (Saara-Praça XV).

 

A Linha 3 do VLT começará na Central do Brasil e terá três estações: Duque de Caxias (na Praça Cristiano Otoni), Camerino (próxima à rua de mesmo nome) e Santa Rita (que ficará na última quadra da Avenida Marechal Floriano, próximo ao Largo de Santa Rita). Logo em seguida, os trilhos se unirão à Linha 1, entre as estações São Bento e Candelária. A partir desse ponto, a Linha 3 reforça o atendimento aos passageiros que seguem até o Aeroporto Santos Dumont.

 

Os testes dinâmicos na Linha 3, segundo a administração do VLT, consistem em avaliar: comportamento dos veículos no novo trecho, sistema de energia, ar-condicionado e mais para a frente também sistemas de sinalização. 

 

Além disso, o momento é de acompanhamento da integração dos sistemas à nova linha, treinamento dos condutores e também para que as pessoas que circulam na área se acostumem com o VLT. Essa evolução é que vai ajudar a determinar o início exato da operação, disse a empresa em nota. 

 

Ainda segundo a concessionária VLT Carioca, a frota total de 32 trens é suficiente para atender à demanda existente no momento. São composições da Alstom Citadis (cinco produzidas na França e outras 27 na fábrica da Alstom em Taubaté-SP). 



Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter

 Notícias Relacionadas
Edital do trecho que leva o VLT até o Centro de Santos é adiado
Mauro Mendes: VLT não será prioridade em 2019
Governador eleito diz que estado não tem verba para concluir VLT e que em um ano decidirá futuro da obra parada há 4 anos em MT



Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, domingo, 16 de dezembro de 2018
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária