Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Notícias da Revista Ferroviária



« Voltar
   

Tiplam supera volume
movimentado em 2017

06/12/2018 - Revista Ferroviária

Clique para ampliar

O Tiplam (Terminal Integrador Portuário Luiz Antonio Mesquita), no Porto de Santos, movimentou 8,8 milhões de toneladas de grãos e fertilizantes, de janeiro a novembro deste ano. De acordo com a VLI, operadora do terminal, a marca já supera em 20% o volume movimentado no ano passado, de 7,3 milhões de toneladas.

 

Ainda segundo a empresa, soja, milho e açúcar destacam-se entre os produtos exportados pelo terminal: até novembro deste ano foram 5,5 milhões de toneladas (do total de 8,8 milhões). Em 2017, esses produtos alcançaram a marca de 4,7 milhões de toneladas.

 

A carga transportada pelo Tiplam provém da rota de escoamento formada pela malha da FCA e por terminais integradores da VLI, que movimentam grãos e açúcar, em Uberaba, no Triângulo Mineiro, e em Guará, no interior de São Paulo. As estruturas recebem, respectivamente, 1.200 e 300 caminhões por dia e fazem o transbordo das cargas para os vagões dos trens, que seguem pela FCA até à Baixada Santista.

 

A VLI concluiu em março deste ano aporte de R$ 2,7 bilhões na ampliação do Tiplam e agregou 12 milhões de toneladas em capacidade ao complexo portuário de Santos. Por ano, a instalação tem capacidade de exportação de 9,5 milhões de toneladas de grãos e açúcar, além de importação de 5 milhões de toneladas de fertilizantes, enxofre e demais produtos.  

 

“Temos uma infraestrutura diferenciada capaz de oferecer eficiência ao mercado na hora de enviar os produtos para o exterior e também para receber fertilizantes. Os números são positivos e temos potencial para contribuir mais com o agronegócio brasileiro”, destaca Leopoldo Gimenes, gerente geral do Tiplam, que destacou também a finalização do berço 4 do terminal este ano, o que contribuiu para o incremento de fertilizantes. “O crescimento este ano também se deu pela liberação para carregamento completo de navios Panamax.”

 

Parceria Tereos

 

Em junho deste ano, a VLI fechou contrato de 30 anos com a Tereos, multinacional francesa produtora de açúcar. O acordo envolve um pacote de investimentos de R$ 205 milhões, valor partilhado pelas duas empresas. Os recursos estão sendo aplicados em novas instalações para garantir o transporte de 1 milhão de toneladas ao ano a partir de maio de 2020.

 

Dois novos terminais estão sendo construídos ao custo de R$ 145 milhões (desembolsados pela Tereos): um deles será em Guará, no interior de São Paulo, onde a VLI já opera um terminal voltado apenas para o carregamento de açúcar. O novo armazém terá capacidade estática de 80 mil toneladas. O outro está sendo construído no Tiplam (o sexto do terminal), que terá capacidade para armazenamento de 114 mil toneladas de açúcar. 

Leia Mais: Portos do Paraná têm recorde de investimentos e obras



Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter

 Notícias Relacionadas
Porto de Paranaguá já supera exportação anual de soja, farelo, trigo e óleo vegetal
Rumo registra aumento de 10% em volume transportado em setembro
Ferroatlântica aumenta em 60% volume de produtos movimentados



Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, domingo, 16 de dezembro de 2018
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária