Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Galeria de Vídeos



« Voltar
   

Operação da MRS na cremalheira

17/07/2012

Vídeo mostra a operação dos trens de carga na Serra do Mar, em São Paulo. A linha irá receber as sete locomotivas de cremalheira de maior potência do mundo, fabricadas pela suíça Stadler.

A RFTV fez mais um vídeo mostrando o dia a dia das operações da MRS Logística. Desta vez, o cenário é a linha de cremalheira da Serra do Mar, entre Cubatão e Paranapiacaba, em São Paulo. O trecho possui oito quilômetros de extensão, com inclinações de até 10% (ou seja, o trem sobe um metro a cada dez percorridos).

Para permitir a operação, o sistema de tração da locomotiva é feito com uma roda dentada que incide sobre um terceiro trilho, também dentado, colocado no centro da via. Além disso, os vagões são ancorados por duas locomotivas, que garantem a segurança operacional e trabalham segurando a carga na descida ou empurrando a carga na subida.

Em 2010, a MRS encomendou sete novas locomotivas de cremalheira, que estão sendo fabricadas pela suíça Stadler. A primeira deve chegar ao Brasil em agosto. Os modelos são os maiores e mais potentes do mundo, e devem aumentar a capacidade da linha de 7 milhões de toneladas úteis por ano para 28 milhões de toneladas/ano, por sentido.

 



Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter

 Notícias Relacionadas
ANTT prevê audiência pública sobre concessão da MRS para setembro
Governo deve apresentar hoje proposta de concessão da Norte-Sul
Ferroanel pode virar moeda de troca


 Comentários
12/11/2013 -  Comentário de JOSE ANTONIO MORAES -

Belo sistema de transporte de cargas, mas ele é econômico e sem gargalos ?Talvez um sistema continuo de esteiras, pelo menos para os grãos, minérios não seria mais barato para o futuro>

Resposta da Revista Ferroviária
O sistema de esteiras chegou a ser considerado pela MRS há dois anos, porém o custo foi considerado excessivo e o projeto abandonado.
04/09/2013 -  Comentário de Euler -

é incrível a como vimos tanto patrimônio abandonado, como o relógio da estação e outros imóveis...triste!!
26/04/2013 -  Comentário de Ricardo Melo Araujo -

ADORO TRENS MAS AGORA EU TO MAIS NO VLT DO CARIRI E METRO DE TERESINA
03/01/2013 -  Comentário de Adriano T. Guimarães -

MARAVILHOSO O SISTEMA IMPLANTADO, E MRS ESTÁ DE PARABÉNS COM AS NOVAS LOCOMOTIVAS POTENTES RECÉM COMPRADAS
17/07/2012 -  Comentário de Josafá Inácio da Silva -

Esse sistema foi elaborado e construído pela RFFSA, substituindo o sistema antigo a cabo com locobrek (funicular) de patamar a patamar e se tornou mais rápido.



Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, quinta-feira, 20 de julho de 2017
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária