Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Notícias da Imprensa



« Voltar
   

Operações no Porto de Paranaguá voltam ao normal após recuo do mar

16/08/2017 - Portos e Navios

O recuo do mar ao longo do litoral do Paraná prejudicou as operações no Porto de Paranaguá, já que o Canal da Galheta ficou fechado até a manhã desta terça-feira (15), impedindo os navios de atracarem. A diminuição súbita da maré intrigou a população durante o fim de semana (12 e 13), que chegou a especular a possibilidade de um tsunami. A água do mar chegou a baixar mais de cinco metros em alguns locais.

O serviço de meteorologia da Marinha do Brasil informou que o recuo não tem ligação nenhuma com a ocorrência de tsunamis ou terremotos em alto mar. O fenômeno ocorreu por conta dos ventos fortes e constates de nordeste que sopraram contra a costa desde sexta-feira.

Segundo especialistas da Marinha, a persistência dos ventos está relacionada à passagem de um anticiclone pelo mar.

Além do Porto de Paranaguá, o Porto de Itajaí, em Santa Catarina, também permaneceu fechado durante o fim semana, reabrindo na manhã desta terça-feira.

O fenômeno raro, que atingiu todo o litoral sul do Brasil e uma parte do litoral de São Paulo, foi o mesmo registrado nas praias do Uruguai.

O nível das marés voltou ao normal já na segunda-feira (14).


Leia também: Ibama diz que 38 contêineres afundaram após acidente em navio no litoral de SP

Portonave bate recorde de movimentação entre os portos do Sul do país



Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do site Revista Ferroviária.

 Notícias Relacionadas
Porto de Paranaguá bate recorde de movimentação
Investimentos no Porto de Paranaguá permitem atracação de navios de maior porte
Porto de Paranaguá dobra de ‘tamanho’ em cinco anos



Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, terça-feira, 19 de setembro de 2017
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária