Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Notícias da Imprensa



« Voltar
   

ANTT prorroga prazo da Ferrogrão

13/12/2017 - ANTT

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) realizou a quarta sessão presencial da Audiência Pública nº 14/2017, na tarde desta terça-feira (12/12), em Brasília (DF). Evento reuniu 114 participantes para debater o aprimoramento da minuta de edital e dos estudos técnicos que se prestarão a disciplinar as condições em que se dará a concessão de ferrovia conhecida como Ferrogrão (modelo greenfield –investimento ainda em estágio inicial, sem estrutura física pronta), compreendida entre os municípios de Sinop/MT e Itaituba/PA.

No total, foram realizadas quatro sessões presenciais, com a participação de cerca de 330 pessoas: uma em Cuiabá (MT), no dia 22/11; uma em Belém (PA), no dia 27/11; uma em Sinop (MT), no dia 8/12; e uma em Brasília (DF), no dia 12/12.

Houve a suspensão de duas sessões presenciais, que seriam promovidas no dia 4/12/2017, em Itaituba (PA), e no dia 5/12/2017, em Novo Progresso (PA). O motivo foi garantir a segurança e a integridade da equipe técnica da Agência, uma vez que as comunidades indígenas realizaram bloqueio do acesso ao local da sessão em Itaituba (PA).

Os interessados ainda podem participar. O período para o envio de contribuições começou no dia 30/10/2017 e foi prorrogado por mais 45 dias após o dia 15/12/2017. As informações específicas sobre a matéria, bem como as orientações acerca dos procedimentos aplicáveis à participação da sociedade civil na Audiência Pública nº 014/2017 estão disponibilizadas, em sua integralidade, clicando aqui. Informações e esclarecimentos adicionais poderão ser obtidos por meio do envio de correspondência eletrônica ao endereço: ap014_2017@antt.gov.br.

A Ferrogrão – De acordo com a minuta do edital, o prazo da concessão será de 65 anos, contados da data de assunção. O valor estimado do contrato é de R$ 14 bilhões, correspondente à soma das receitas estimadas da concessionária, referenciado à data-base de março de 2015. A remuneração da concessionária advirá do recebimento da tarifa de transporte, tarifa de direito de passagem, tarifa de tráfego mútuo, da exploração de receitas extraordinárias, entre outras formas.

O projeto propõe-se a ser o novo corredor logístico do país, que relaciona o desenvolvimento da fronteira agrícola brasileira à demanda por uma infraestrutura integrada de transportes de carga, produzindo benefícios socioeconômicos de alto impacto entre Sinop, no Mato Groso, e Itaituba, no Pará. A produção de soja e milho são os destaques da região.

A Ferrogrão faz parte dos projetos do Programa de Parceria de Investimentos (PPI). A previsão do governo federal é publicar o edital no primeiro trimestre de 2018 e fazer o leilão no segundo trimestre.



Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do site Revista Ferroviária.

 Notícias Relacionadas
Consórcio volta a descumprir prazo de conclusão de reparo nos novos trens da Trensurb
ANTT rejeita incluir expansão de ferrovia em Mato Grosso em contrato de renovação da malha paulista
Projeto da Ferrogrão terá mais audiências públicas a pedido de comunidades do Pará



Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, terça-feira, 23 de janeiro de 2018
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária