Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Notícias da Imprensa



« Voltar
   

Prefeitura e Iphan apresentam novos passos da restauração da Estação Ferroviária de Goiânia

18/01/2018 - Portal 730

Os próximos passos do trabalho de restauração da Estação Ferroviária de Goiânia serão apresentados nesta quinta-feira (18), por representantes da Prefeitura e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A reunião ocorrerá às 9 horas, na própria Estação Ferroviária, e terá a presença do restaurador mineiro Wagner Matias de Sousa, responsável pelo trabalho nos dois painéis de Frei Confaloni existentes na área interna do monumento, e também do secretário municipal de Cultura, Kleber Adorno.

A obra de revitalização teve início em dezembro, quando o prefeito Iris Rezende assinou ordem de serviço no valor de R$ 5.870.000, recurso do Governo Federal, por meio do Iphan. Os trabalhos iniciais, que consistem no desenvolvimento do projeto executivo, limpeza e instalação do canteiro de obras, foram cumpridos dentro do cronograma previsto. A conclusão está prevista para o final de 2018.

Inaugurada em 1950, a antiga Estação Ferroviária de Goiânia foi tombada pelo Iphan em 2002. Ela é um dos mais importantes edifícios representativos do Acervo arquitetônico e urbanístico Art Déco de Goiânia.

Leia Mais: Museu do Trem do Recife sedia exposição gratuita de locomotivas em miniatura



Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do site Revista Ferroviária.

 Notícias Relacionadas
Alckmin inaugura em Francisco Morato obra de estação da CPTM
Estação Morumbi do monotrilho começa a ser construída
Após 28 anos, obra na estação 110 Sul do metrô é retomada



Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária