Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Notícias da Imprensa



« Voltar
   

Trensurb volta a recolher trens novos que passaram por conserto

18/01/2018 - Zero Hora

O número de trens novos em circulação voltou a reduzir. Em outubro de 2017, nove veículos que haviam sido reparados após a identificação de problemas com infiltração estavam transportando passageiros. Em novembro, apenas seis deles eram usados pela Trensurb. Agora, só quatro trens estão fora do conserto.

Segundo a Trensurb, novamente foi constatada infiltração nos veículos que já haviam passado por reparo. Outro problema que surgiu foi a dificuldade em realizar o nivelamento dos truques dos novos trens (conjunto de rodas, rolamentos, molas, eixos, entre outros itens) que impedem que eles voltem a circular.

Na segunda-feira (15), dirigentes da Trensurb se reuniram com representantes do Consórcio FrotaPoa, formado pelas empresas Alstom e CAF. A empresa pública voltou a cobrar uma solução definitiva "no prazo mais breve possível". Um novo cronograma de reparos será apresentado em nova reunião, que será realizada até o fim de fevereiro.

Até o ano passado, a Trensurb estimava que o problema relacionado à infiltração de água nos rolamentos estaria superado em abril de 2018. As empresas já foram multadas em R$ 4,87 milhões, o que corresponde a 2% do valor do contrato de compra de 15 novos trens da série A-200. Em 2016, o consórcio já havia sido penalizado em R$ 2,43 milhões.

Os pagamentos ao consórcio estão suspensos desde abril de 2016, quando foram identificadas infiltrações nas caixas de rolamentos dos veículos pela primeira vez. O dinheiro desse contrato está empenhado e não pode ser usado para outros fins. Quanto aos valores de multas, o montante deixará de ser pago ao consórcio e retorna aos cofres da União. Atualmente, a dívida da Trensurb com os fornecedores, referente ao valor que ainda falta pagar pelos trens é de R$ 24 milhões.

 

Leia Mais: Auditoria evita "golpe contratual" de R$ 350 milhões nas obras do VLT de MT



Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do site Revista Ferroviária.

 Notícias Relacionadas
Metrô de Santiago testa novos trens da Alstom
Alstom vai fornecer mais trens de alta velocidade para Itália
Estado do RJ quer investir R$ 200 milhões para reativar trens turísticos no interior



Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, terça-feira, 14 de agosto de 2018
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária