Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Notícias da Imprensa



« Voltar
   

CPTM detalha início da operação da Linha 13-Jade a partir de abril

02/02/2018 - Metrô CPTM

Clique para ampliar

Durante visita do governador Geraldo Alckmin (PSDB) nesta sexta-feira (2), a CPTM forneceu detalhes a respeito do início da operação da Linha 13-Jade, que conectará o aeroporto de Guarulhos à rede metroferroviária. No evento em que o governo comemorou a conclusão do viaduto estaiado duplo, último trecho de obras civis ainda pendentes, o secretário Clodoaldo Pelissioni revelou que a nova linha começará a funcionar apenas aos fins de semana por um período de seis horas – na chamada operação assistida não haverá cobrança de tarifa.

Segundo Pelissioni, esse esquema vigorará por um mês para ajustes técnicos e testes dos equipamentos e sistemas. O governo ainda banca a entrega para o final de março e Alckmin fez questão de ressaltar que os funcionários trabalharão inclusive no Carnaval. Com isso, a Linha 13 deve ser aberta no início de abril. Seguindo essa lógica, em maio será a vez de a operação assistida ser estendida para os dias úteis também por um período curto de apenas seis horas e ainda sem cobrança de passagem.

Só então, possivelmente em junho, será iniciada a operação comercial também de forma progressiva. Primeiro apenas até Engenheiro Goulart, onde há ligação com a Linha 12-Safira, mas com alguns trens indo até a estação Brás em certos horários. A chegada até à estação Luz, o chamado Expresso Aeroporto, só deverá ocorrer em agosto, de acordo com o secretário.

O governo do estado garante que haverá totens de check-in na estação Luz para os passageiros que embarcarão em Guarulhos, mas o despacho de bagagens, outro desejo de Alckmin, não deve ocorrer por questões logísticas.

Maior viaduto estaiado em curva do mundo

Durante a visita, a companhia divulgou que o viaduto seria o maior do mundo no setor ferroviário construído em curva. A estrutura possui 690 metros de comprimento, dois conjuntos de mastros com 70 metros e vão central com 180 metros de comprimento. Como o blog adiantou, agora os trabalhos se concentram nas vias com a instalação de trilhos, sistemas, rede aérea e passarela de emergência. Os primeiros trens vazios devem começar os testes no trecho de 12,2 km de extensão no início de março.



Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do site Revista Ferroviária.

 Notícias Relacionadas
Move São Paulo culpa “exclusivamente” o governo pelos problemas da Linha 6
Obras da Linha 6-Laranja do Metrô de SP não tem previsão de retorno
Metrô de SP adia novamente inauguração de estações da Linha 5-Lilás



Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária