Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Notícias da Imprensa



« Voltar
   

Depredação no metrô prejudica volta para casa no último dia do carnaval do DF

14/02/2018 - Valor Econômico

A depredação no Metrô prejudicou a volta para casa na madrugada desta quarta-feira (14) de foliões que curtiram o carnaval. O extintor de incêndio foi estourado, e vândalos ainda ficaram apertando o botão de emergência, o que fez com que o trem ficasse parando o tempo todo. As pessoas tiveram que embarcar em outros trens para seguir viagem.

Em nota, o Metrô disse que "lamenta a ocorrência dos atos de vandalismo ocorridos neste carnaval". Segundo a companhia, um balanço será fechado ao longo desta quarta.

“Eu acho que isso é muito mancada. Quando fazem isso, [a gente] fica sem metrô e só prejudica. Só dificulta”, afirmou o vendedor Fabrício Santos.

Mesmo com o policiamento reforçado, houve quebra de janelas no metrô. A reportagem da TV Globo flagrou pelo menos cinco janelas quebradas. Outros sete trens já tinham sido depredados no fim de semana. Há também o caso de um homem que saiu correndo entre os trilhos na estação central. Ele acabou detido.

“A gente está fazendo as abordagens nos trens do metrô e a gente encontrou faca, maconha, cigarro de maconha. Então eles estão fazendo uso de droga dentro dos vagões do metrô e portando arma branca. Eles estão sendo retirados do metrô e conduzidos à delegacia”, disse o major Edson Gondim, da Polícia Militar.

O transporte público como um todo foi afetado. Fora as pessoas quebrando paradas, só nos três primeiros dias de carnaval, 20 ônibus foram depredados no DF. Sete deles são BRTs. Na tarde de terça (13), houve mais um. Passageiros quebraram parte do banco, danificaram o lacre de emergência e deixaram o lixo para trás.

Houve bagunça também no meio dos blocos de carnaval. Em um deles, o Globocop flagrou um homem com faca sendo detido pela PM. Foram 20 casos do tipo. Também acabou detido um homem com arma de fabricação caseira, no Setor Hoteleiro Sul. A PM informou que foram atendidas cerca de 30 ocorrências nos blocos na terça de carnaval – nenhuma grave.

 

Funcionamento

 

O Metrô opera pela manhã com 15 trens. No fim do dia, vai funcionar no horário de pico com 24 trens.



Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do site Revista Ferroviária.

 Notícias Relacionadas
Com novos usuários, Metrô de Madri deve comprar 60 novos trens
Superlotado e com falhas, metrô do DF está longe de entrar nos trilhos
Com atraso, linha 5 do metrô completa e expresso Luz-Cumbica passam a operar



Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, segunda-feira, 15 de outubro de 2018
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária