Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Notícias da Imprensa



« Voltar
   

Reportagem flagra irregularidades de trânsito no local de acidente com VLT que matou 2 pessoas em Maceió

06/03/2018 - G1

Um dia após o acidente entre um carro e o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) ter matado duas pessoas, a reportagem do AL TV flagrou irregularidades de trânsito no trecho da linha férrea de Maceió onde aconteceu a colisão.

O acidente foi na última segunda-feira (5). Além dos dois mortos, outras duas pessoas ficaram feridas. Uma continua internada no Hospital Geral do Estado (HGE) em observação e a outra já foi liberada.

Há duas versões para o acidente, o maquinista diz que o carro seguia paralelo ao VLT, na Avenida Walter Ananias, e tentou cruzar a linha férrea. Outra testemunha diz que o carro vinha por uma rua que cruza diretamente os trilhos. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Hoje a reportagem voltou ao local para ver o comportamento dos motoristas naquele trecho. Um ônibus fez o retorno sem diminuir a velocidade, assim como dois motociclistas e dois carros de passeio.

José Cícero é motorista e seu ponto fica em frente ao local. Ele acredita que mesmo com o apito do trem que se aproxima, o trecho deveria ter mais sinalização.

Todos os dias a gente vê gente fazendo o retorno proibido até porque não tem uma sinalização com uma placa dizendo que é proibido. Às vezes tem muita gente que não é daqui do município, aí vem de outro e não conhece os retornos proibidos. O certo é ter uma sinalização .

Pouco antes do trem atravessar os cruzamentos, a sinaleira dispara. O trem reduz a velocidade e apita. Não existem placas informando que o retorno é proibido.

Pouco depois do acidente, a Defensoria Pública encaminhou uma recomendação à prefeitura e à Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito e a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) para que a sinalização seja reforçada.

As viagens entre a estação central e o Jaraguá já voltaram ao normal e o VLT que se envolveu no acidente foi levado para a manutenção.

A CBTU disse que já recebeu o documento, mas que só vai se pronunciar após avaliação do setor jurídico. Falou ainda que o atual sistema de sinalização é um dos mais modernos que existem no mercado.

Já a assessoria da SMTT disse que não recebeu o documento, mas quando isso acontecer vai analisar junto à CBTU para tomar as medidas cabíveis.

 

Acidente e as vítimas

 

A colisão aconteceu na manhã de ontem. Com a força da batida, o carro capotou e foi arrastado de cabeça para baixo. O resgate das vítimas durou cerca de quatro horas.

Silvanir Lima Ramalho, 47, foi resgatada com vida pouco depois do meio-dia e continua internada no HGE. Danielle Lima Silva, 20, filha de Silvani, não resistiu. Além delas, estavam no carro José de Arimateia Soares, 66, o primeiro a ser resgatado com vida e que já foi liberado do hospital, e José Everaldo Soares Ferreira, 56, que também morreu.

A irmã de Silvanir falava com ela no momento do acidente e relatou que ouviu tudo por telefone.

Em homenagem às vítimas, flores foram deixas no trecho do trem nesta terça.

 

- Fonte: https://g1.globo.com/al/alagoas/noticia/reportagem-flagra-irregularidades-de-transito-no-local-de-acidente-com-vlt-que-matou-2-pessoas-em-maceio.ghtml



Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do site Revista Ferroviária.

 Notícias Relacionadas
Seinfra estende operação experimental do VLT até a Estação Pontes Vieira
Primeiro VLT de Teresina começa a funcionar na próxima segunda-feira
Governo divulga consórcio que vai implantar VLT do Subúrbio



Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, sábado, 23 de junho de 2018
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária