Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Notícias da Imprensa



« Voltar
   

Novo trem expresso de luxo entre Tóquio e a península de Izu, em Shizuoka

11/05/2018 - Portal Mie

A East Japan Railway Company disse que planeja lançar um novo serviço de trem expresso de luxo em uma popular área turística na provínica de Shizuoka.

Os trens começarão a operar na primavera de 2020 para explorar o crescente número de turistas que poderão visitar o Japão durante as Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio.

Os novos trens vão conectar Tóquio e a cidade de Shimoda, na península de Izu, Shizuoka. A área é conhecida por suas praias e fontes de águas termais.

A operadora ferroviária disse que os trens terão pintura na cor azul, que lembra o céu. Todos os vagões terão poltronas mais espaçosas em relação aos trens expressos, oferecendo mais conforto aos passageiros.

A East Japan Railway Company disse que também haverá um vagão restaurante com um balcão servindo vários tipos de noodles (macarrão), como lámen e udon.

No ano passado, cerca de um milhão e meio de visitantes do exterior se hospedaram província de Shizuoka, onde está situada a península de Izu. Isso é quase o dobro do número de quatro anos atrás.

 

- Fonte: http://www.portalmie.com/atualidade/turismo/conhecendo-japao/2018/05/novo-trem-expresso-de-luxo-para-a-peninsula-de-izu-em-shizuoka/



Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do site Revista Ferroviária.

 Notícias Relacionadas
Caminhoneiros usam pneus e troncos em linha férrea e param trem em Morretes. Veja vídeo
Trem Rio - Minas; vídeo mostra a viagem experimental
Veja como é fazer uma viagem de trem na Rússia e se prepare para a Copa



Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, sábado, 26 de maio de 2018
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária