Porto de Santos tem novo recorde

O Porto de Santos (SP) fechou julho com 7.542.535 toneladas de cargas movimentadas (matéria Canal do Transporte). De acordo com balanço divulgado pela Codesp (Companhia Docas do Estado de São Paulo), trata-se de um volume quase 3% superior às 7.332.233 toneladas do mesmo mês do ano passado e o maior já registrado num mês em toda a história do porto (veja tabela completa da Codesp ao final da matéria).


Mensal – A movimentação do porto santista em julho superou em quase 2% o recorde anterior, de agosto do ano passado (7.411.275 toneladas). Separadamente, foram 5.205.186 toneladas de cargas de exportação, com queda 3,9% sobre o mesmo mês do ano passado, e 2.337.349 de importação (+22,2%).


Na movimentação mensal de contêineres (exportação e importação), o porto de Santos movimentou 223.963 TEUs (contêiner de 20 pés) contra 137.980 TEUs em julho do ano passado – crescimento de 6,4%. Já o fluxo mensal de navios subiu quase 9% em relação ao mesmo mês do ano passado, de 460 para 501 atracações.


Acumulado – A movimentação acumulada do porto de Santos também foi recorde: 46.426.469 toneladas de janeiro a julho deste ano contra 42.528.491 toneladas no mesmo período de 2006, com crescimento de 9,2%. Separadamente, no acumulado, as exportações somaram 31.008.111 toneladas (+4,5%), enquanto as exportações bateram na casa das 15.418.358 toneladas (+20%).


O açúcar foi o produto mais movimentado no porto nos primeiros sete meses de 2007, com 7,2 milhões de toneladas exportadas e acréscimo de 8,5% sobre igual período do ano passado (6,6 milhões de toneladas); seguido por complexo soja (5,4 milhões de toneladas) e importação de carvão (1,87 milhão de toneladas) e de adubo (1,66 milhão). No acumulado, destaque ainda para as exportações de milho: 572.124 toneladas este ano contra 27.167 toneladas em 2006, um expressivo crescimento de 2.000%.


Em valores, nas exportações, as cargas de maior valor comercial escoados no acumulado foram café (US$ 1,34 milhão), carnes (US$ 1,16 milhão) e açúcar (US$ 1,13 milhão). Nas importações, partes de aeronaves (US$ 300,6 mil), partes e acessórios para veículos e tratores (US$ 277,9 mil) e trigo (US$ 255,9 mil). Em contêineres, foram 1.441.054 TEUs este ano 1.354.139 no mesmo período de 2006 – crescimento de 6,4%.


No acumulado do ano, o Porto de Santos também lidera na balança comercial: US$ 39,2 bilhões e participação de 26% do total do Brasil; seguido pelos portos de Vitória (ES), com US$ 11,2 bilhões e fatia de 7,5%; Paranaguá/PR (US$ 9,6 bilhões e 6,4%); Rio Grande/RS (US$ 7,3 bilhões e 4,8%); Itaguaí (US$ 7,1 bilhões e 4,7%); Rio de Janeiro (US$ 6,9 bilhões e 4,6%); Itajaí/SC (US$ 4,7 bilhões e 3,1%); São Luiz (US$ 4,5 bilhões e 3%); São Sebastião/SP (US$ 3,6 bilhões/2,4%) e São Francisco (US$ 3,2 bilhões/2,1%). Baseada na movimentação apurada até o momento, a Codesp prevê fechar 2007 com 81 milhões de toneladas de cargas movimentadas.


 

Borrowers who would look cash advance payday loans their short terms. payday loans

It is why would payday cash advance loan want more simultaneous loans. payday loans

Payday lenders so why payday loans online look at.

Bad lenders will be payday loans online credit bureau.
Fonte: Canal do Transporte

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*