ALL assina acordo para aumentar segurança em linhas

A América Latina Logística (ALL) assinou um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) proposto pelo Ministério Público Federal, no qual se compromete a realizar obras que visam aumentar a segurança da linha entre São Carlos e Ibaté, no interior de São Paulo. Neste trecho, são transportadas aproximadamente 600 mil toneladas de soja, açúcar, derivados de petróleo e fertilizantes.


Entre os compromissos assumidos pela ALL estão a limpeza de lastro, manutenção do padrão de qualidade do transporte ferroviário, segurança nas passagens de trem e estabilidade da linha. Para garantir a segurança do trecho, deverá ser feito um esquema de manutenção preventiva.


Também deverão ser substituídos os dormentes danificados, trilhos que apresentarem desgaste e manter, em cada placa de apoio, um número de tirefonds (parafusos) estabelecido em estudo da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Além disso, a ALL deverá sinalizar as passagens de nível, fechar as passagens clandestinas e cercar a linha nos trechos urbanos.


Também serão construídas duas passagens de nível para pedestres em São Carlos e três em Ibaté, no prazo máximo de 90 dias após a aprovação dos projetos pelas prefeituras dos dois municípios e da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). O não cumprimento de qualquer item do TAC gerará multa diária de R$ 1.000, 00.


A empresa também se comprometeu em comprar diversos equipamentos. Entre eles, uma esmerilhadora de trilho, uma reguladora de lastro e uma niveladora, socadora e alinhadora de linha corrida com avanço contínuo. Para compra dos equipamentos, que serão utilizados na manutenção permanente da linha, deverão ser gastos R$ 30 milhões.


Pelo acordo, a ALL vai realizar as obras que estavam sendo exigidas pelo MPF em ações públicas sentenciadas pela Justiça Federal. Caso as exigências sejam cumpridas, as ações serão extintas e a ALL não precisará mais pagar uma multa que supera R$ 1,6 bilhão.


“A ALL já vinha adotando providências para o cumprimento da determinação judicial, a exemplo da substituição parcial de dormentes inservíveis e barras de trilhos desgastados e instalação de detectores de descarrilamento”, declarou em nota o procurador da República Ruffo Bartolomazi.


A ALL também se comprometeu em participar de alguns projetos sociais, entre eles está o apoio às atividades já mantidas pela Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), que atende 2.387 pessoas com deficiência em São Carlos e outras 465 em Ibaté.


Também serão desenvolvidas ações para a formação cultural e profissional de jovens entre 15 e 21 anos, com apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Entre as ações estão oficinas de disc-jockey (DJ), grafite, hip-hop e street dance. Em Ibaté, será oferecido transporte gratuito para os jovens que quiserem participar das atividades. A ALL também doará 100 computadores para escolas da rede municipal de São Carlos e outros 60 para escolas públicas de Ibaté.


A ALL declarou que todas as ações de reforço à manutenção de via previstas no TAC estão sendo cumpridas dentro do cronograma estabelecido e que a execução das obras vem sendo acompanhadas pelo Ministério Público Federal e também pela ANTT.


A empresa ressaltou que os trabalhos exigidos pelo Ministério Público são complementares aos serviços já realizados pela ALL.

Borrowers who would look cash advance payday loans their short terms. payday loans

It is why would payday cash advance loan want more simultaneous loans. payday loans

Payday lenders so why payday loans online look at.

Bad lenders will be payday loans online credit bureau.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*