Brado investe em locomotivas e vagões

De olho no desenvolvimento da nova modalidade de DTA, a Brado Logística, braço operacional da América Latina Logística (ALL), que possui a concessão de mais de 3,1 mil quilômetros de ferrovia no Estado, investiu em 200 novos vagões e locomotivas para atender à demanda de serviços. Parte dos ativos já está operando a modalidade em regime de testes.


Com o embarque de cargas responsáveis pela criação de um serviço inédito, a companhia passa a atuar também no mercado de importação de contêineres. A Brado adquiriu, recentemente, a autorização para operar este tipo de trânsito aduaneiro e uma das expectativas para o Rio Grande do Sul é de que a capacidade do transporte intermodal na região, complementada pelas DTAs, cresça em torno de 30%. O índice também deve ser favorecido pelas melhorias das operações, principalmente, no terminal de Esteio, fato que aumenta também o volume de movimentação de contêineres.


Antes das DTAs ferroviárias, boa parte da Malha Sul era utilizada por trades de commodities agrícolas e cooperativas com grandes volumes de cargas a granel, como soja, trigo, milho, fertilizantes e arroz. O transporte de produtos industrializados também cresceu em setores como frigorificados, siderúrgicos, petroquímicos, papel e celulose, alimentos, madeira e polietileno, com uma média 500 vagões diários nas principais rotas, que são Cruz Alta a Rio Grande (safra de soja e trigo com quatro pares de trens/dia na safra), Tronco Sul (Esteio a Vacaria com três pares trens/dia) e corredor Esteio a Uruguaiana (três pares trens/dia).


Roteiros de DTA ferroviária em teste – Percurso. Saída do Tecon em Rio Grande via ferroviária, seguindo por Santa Maria até o terminal em Esteio, na BR-116, sendo transbordado para modal rodoviário até os portos secos de Canoas, Novo Hamburgo ou Caxias do Sul.


Vantagens – Redução de até 20% no custo, na comparação com um frete rodoviário.


Alternativa com menos emissões de gases e possibilidade de transportar maiores volumes.


Desvantagens – Ampliação de até quatro dias no tempo total de deslocamentoaté as Eadis. Pagamento de taxa extra entre R$ 300,00 e R$ 430,00 para a movimentação de contêineres no Tecon.

Borrowers who would look cash advance payday loans their short terms. payday loans

It is why would payday cash advance loan want more simultaneous loans. payday loans

Payday lenders so why payday loans online look at.

Bad lenders will be payday loans online credit bureau.
Fonte: Jornal do Comércio – RS

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*