Lucas do Rio Verde realiza audiência sobre a Fico

O anúncio foi feito nesta terça (05), pelo prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta, durante coletiva com a imprensa. Segundo o prefeito, a audiência pública, que deve ser realizada ainda este mês, irá discutir a privatização e buscar investidores interessados no trecho que liga Campinorte (GO) a Lucas do Rio Verde (MT), previsto para ser construído na primeira etapa do projeto.


Em visita a Brasília, na semana passada, Otaviano foi informado que a Valec – Engenharia, Construções e Ferrovias não é mais a gestora do projeto da ferrovia. “No fim do ano passado, atendendo uma determinação da Presidente Dilma Roussef, foi criada a Empresa de Planejamento e Logística S.A (EPL) que terá o papel de identificar os grandes projetos do governo, fazer os estudos necessários e direcionar os investimentos públicos”, explicou o prefeito.


O trecho a ser construído na primeira etapa que sairá de Campinorte (GO) e cruzará o Mato Grosso até Lucas do Rio Verde terá a extensão de 1.040 quilômetros e prevê investimentos de R$ 4,1 bilhões. Recurso que, com a privatização, não sairá mais dos cofres públicos.


Inicialmente a conclusão do trecho estava prevista para 2014.


Apesar de elogiar a decisão da presidente, o prefeito se mostrou preocupado já que além desse trecho da Fico, parte da BR 163 que liga Sinop a Sonora (MS), também será privatizado.


“O fato de termos duas grandes obras com processos licitatórios abertos pode se tornar um ponto negativo em curto prazo, já que a ferrovia necessita de um estudo mais aprofundado. Temo que isso possa atrasar a vinda da Fico para Lucas do Rio Verde”, afirmou.


A Ferrovia de Integração do Centro-Oeste terá uma extensão de 1.638 km, partindo da Ferrovia Norte-Sul em Campinorte (GO), até chegar em Vilhena (RO). O projeto da Fico, que será executado em duas etapas e terá investimentos de R$ 6,4 bilhões, contemplará uma das regiões do país mais prósperas na produção de grãos e carne, porém, bastante carente no que se refere à logística de transporte.


Além de Lucas do Rio Verde, o plano indica a passagem por Água Boa, Canarana em Mato Grosso, seguindo na direção de Vilhena e Porto Velho, em Rondônia e passando pelo Acre até a divisa fronteira com o Peru, na localidade de Boqueirão da Esperança.

Borrowers who would look cash advance payday loans their short terms. payday loans

It is why would payday cash advance loan want more simultaneous loans. payday loans

Payday lenders so why payday loans online look at.

Bad lenders will be payday loans online credit bureau.
Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde (MT)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*