Tecnologia na contagem de eixos

Frauscher lança sistemas que reduzem tempo de trânsito dos trens na via

A Frauscher, fabricante mundial de contadores de eixos e detecção de roda, desenvolveu duas novas funcionalidades para os seus sistemas: um processo automatizado de correção de falhas e um sensor de presença nos trilhos, que são instalados nos bloqueios da via permanente – os bloqueios fazem parte do sistema de sinalização e mostram a localização do trem ao longo do percurso. Segundo a empresa, as tecnologias proporcionam aumento de disponibilidade no sistema de sinalização e redução do tempo de trânsito das composições. Elas são usadas na Europa e estão disponíveis no Brasil, sendo que a primeira já está sendo utilizada no território nacional.

Sistema de correção de falhas e sensor de presença instalado nos trilhos - Divulgação/Frauscher
Sistema de correção de falhas e sensor de presença instalado nos trilhos – Divulgação/Frauscher

O sistema de supervisão de seção (Supervisor Track Section – STS) é um processo automatizado de correção de falhas, onde cada duas seções de via são sobrepostas por uma seção de supervisão de bloqueio, permitindo que o trecho que apresenta defeito seja reinicializado automaticamente, sem intervenção manual e sem necessidade de parar a operação caso haja uma falha eventual, se a seção de supervisão correspondente estiver livre. Da mesma forma, uma seção de supervisão defeituosa é reinicializada se as duas seções de pista correspondentes estiverem livres. O sistema é utilizado nas malhas da Rumo, MRS e VLI. No ano passado, a Rumo implantou a tecnologia em três passagens em nível em Santos (SP).

Você precisa ser assinante da Revista Ferroviária para ler este conteúdo. Por favor, faça o seu . Não é assinante? Assine aqui

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*