Arquivo Ferroviário

A estação ferroviária de Mariana (MG) foi erguida em 1914 para integrar o ramal de Ponte Nova, que ligava Ouro Preto (MG) ao Rio de Janeiro, com mais de 600 km operados pela antiga Estrada de Ferro Leopoldina.

A centenária estação recebeu passageiros e foi ponto de passagem de trens de carga até a década de 1980.

Foi então fechada pela RFFSA e passou um bom tempo abandonada até a Vale iniciar, em 2003, um programa de recuperação da linha entre Ouro Preto e Mariana, para a operação de um trem turístico entre as duas cidades históricas, que começou em 2006.

O prédio da estação passou a servir também como biblioteca e museu ferroviário. Na área externa há exposição de carros de passageiros da Estrada de Ferro Central do Brasil e um carro-administração da Leopoldina, que abriga um restaurante.

Você precisa ser assinante da Revista Ferroviária para ler este conteúdo. Por favor, faça o seu . Não é assinante? Assine aqui

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*