Serviço de ponta

Ecoplan está aumentando o portfólio de peças específicas para manutenção de vagões - Divulgação/Ecoplan
Ecoplan está aumentando o portfólio de peças específicas para manutenção de vagões - Divulgação/Ecoplan

Empresas buscam oferecer vantagens para operadoras que terceirizam a manutenção de vagões

As empresas que atuam no segmento de manutenção de vagões e/ou com reposição de peças e componentes para o mercado estão com demanda aquecida nos últimos meses. O esforço para garantir um serviço de ponta soma-se ao trabalho que essas companhias vêm desempenhando para mostrar às operadoras as vantagens de terceirizar os cuidados com a frota de material rodante.

Os resultados estão aparecendo pouco a pouco. A expectativa das companhias é que no médio prazo a demanda cresça exponencialmente, ao considerar os investimentos previstos nas renovações antecipadas dos contratos e o início da operação de novos trechos da Ferrovia de Integração Oeste-Leste e da Ferrovia de Integração Centro-Oeste (Fico), ambas em construção no momento.

A Ecoplan Aços Especiais, por exemplo, que atende as principais operadoras e montadoras do mercado brasileiro, acredita em um bom ano de 2022. “Com volume maior de produção em relação aos últimos dois anos, mas ainda com expectativa de crescimento mais vertical a partir de 2023”, diz a diretora comercial da empresa, Renata Dietrich.

Você precisa ser assinante da Revista Ferroviária para ler este conteúdo. Por favor, faça o seu . Não é assinante? Assine aqui

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*