Pessoa física vai poder investir em ferrovia

Os fundos de investimentos e pessoas físicas poderão participar da expansão do sistema ferroviário, com garantia da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). A partir de amanhã (18), a agência abrirá consulta pública sobre os investimentos em bens de uso operacional pelo sistema. O lucro obtido com o transporte de cargas será a base da remuneração do investidor.


Esses bens são os arrendados pelas concessionárias da extinta Rede Ferroviária Federal (RFFSA) e segundo o diretor geral da ANTT, José Alexandre Resende, “estão defasados tecnologicamente e são insuficientes diante do crescimento constante de cargas tradicionais, o que exige ampliação de disponibilidade e melhoria na qualidade do serviço”.


A agência deverá reger os contratos firmados pelos investidores e aplicará as penalidades previstas, que vão de multas à cassação da concessão de exploração ferroviária. O investidor não usuário será ressarcido dos defeitos, danos e perdas ocorridas nos bens que forem colocados à disposição das concessionárias. Com esse tipo de investimento, a ANTT pretende melhorar a capacidade de transporte de cargas e passageiros.


São classificados como bens operacionais as linhas, pátios, ramais, armazéns, terminais de carga e descarga, entre outras instalações.


Leia também:


Investidor poderá capitalizar empresa c/ remuneração sobre frete

Borrowers who would look cash advance payday loans their short terms. payday loans

It is why would payday cash advance loan want more simultaneous loans. payday loans

Payday lenders so why payday loans online look at.

Bad lenders will be payday loans online credit bureau.
Fonte: Gazeta Mercantil

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*