Linha 4 do Metrô de SP ganha showroom

As novas portas de vidro que serão instaladas nas plataformas das estações da linha 4-amarela do metrô foram apresentadas ontem pelo Consórcio Via Amarela, responsável pelas obras. As portas, cujo tamanho corresponde ao das portas dos trens, só se abrem quando o trem chega à plataforma, que será toda revestida de placas de vidro de 2,5 metros de altura. Com isso, os usuários não terão acesso aos trilhos. Outras 23 estações já existentes também terão o mecanismo. O equipamento, já usado em outros metrôs do mundo, como em Londres, Paris e Hong Kong, será instalado para evitar acidentes com usuários.


Na rua MMDC, 340, onde funcionará a estação Butantã (zona oeste de SP), foi montado um showroom que simula como ficará o interior da obra quando concluída. O ambiente lembra um estande de feira de material de construção -com espaços de destaque para os 25 fornecedores da obra. Além da porta de vidro, com simulador abre e fecha, barulho de trem e campainha, o espaço mostra como serão os banheiros -com torneiras automáticas e acessibilidade-, as escadas rolantes e até as cabines blindadas que resistem a ataques de fuzis.


Segundo o arquiteto Eduardo Velo, responsável pelo projeto, a idéia é que o espaço funcione também como em detector de eventuais problemas. “Poderemos aumentar a pigmentação do piso, por exemplo”, afirmou. Cinza-claro, o revestimento em porcelanato, um dos mais caros do mercado, já apresentava marcas dos pés dos visitantes. Nas estações existentes, o chão é revestido com granito.


A intenção é que a primeira fase da linha -com as estações Butantã, Faria Lima e Paulista- seja entregue à população em novembro do ano que vem. Já as estações Luz, República e Pinheiros sofreram adiamento e só serão concluídas em 2010. Quando totalmente concluída, a linha terá 12,8 km e ligará a Vila Sônia (zona oeste) à Luz (região central).


A porta de vidro também será instalada nas 15 estações mais movimentadas atualmente, mas não há previsão para que isso ocorra.


Interessados em visitar o local, aberto de segunda a sexta, das 9h às 16h, devem ligar para 0800-774-0192.

Borrowers who would look cash advance payday loans their short terms. payday loans

It is why would payday cash advance loan want more simultaneous loans. payday loans

Payday lenders so why payday loans online look at.

Bad lenders will be payday loans online credit bureau.
Fonte: Folha de S. Paulo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*