Metrô do DF inaugura estação

Para melhorar o trânsito e reduzir os engarrafamentos que tanto incomodam os brasilienses, o governo resolveu investir em melhorias no transporte subterrâneo. Na manhã de ontem, mais uma estação do metrô foi inaugurada, na 108 Sul. Esta é a 17ª parada do Distrito Federal, a quarta da Asa Sul. A nova estação custou R$ 20 milhões e vai atender cerca de 5 mil passageiros diariamente. Na próxima quarta-feira, quatro novos pontos também entrarão em funcionamento, todos em Ceilândia. Durante a cerimônia na 108 Sul, o governador José Roberto Arruda anunciou que as paradas da 102 Sul e da 112 Sul, além de outra no Guará, começarão a ser construídas ainda este mês e serão inauguradas no aniversário de Brasília do ano que vem. O projeto básico para as obras do metrô da Asa Norte também já está em elaboração.


A estação da 108 Sul tem 110m de comprimento, banheiros, um bicicletário, uma praça, além de 14 lojas, que ainda serão licitadas. Outra atração é um painel de 5m x 1,5m do artista plástico Marcos Decat França, com imagens de Brasília. Quem mora próximo ao local gostou da estrutura construída no meio da Asa Sul. A produtora cultural Verônica Maia, 39 anos, residente da 107 Sul, comemorou a inauguração da estação. Ela conta que não é usuária habitual do metrô, mas pretende passar a usar os trens. “Essa nova estação fica muito perto da minha casa. Agora tenho um estímulo a mais para deixar o carro em casa e usar o metrô”, conta.


A previsão de aumento de usuários com a inauguração da estação da 108 Sul, juntamente com as quatro estações de Ceilândia, é de 40%. “Hoje, temos cerca de 100 mil passageiros por dia. Com as novas estações, esse número deve saltar para 140 mil”, previu o presidente da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal, José Gaspar de Souza. Ele anunciou ontem a compra de 10 novos trens, que vão totalizar 30 vagões em circulação a partir do ano que vem. “Com os novos trens, o tempo de espera vai cair de quatro minutos e meio para três minutos”, explica Gaspar.


Limpo e seguro


O governador José Roberto Arruda destacou a importância de investir em transportes coletivos para melhorar a fluidez do trânsito da cidade. “Esta semana, inauguramos cinco estações. Nosso objetivo é que tanto as pessoas com menor poder aquisitivo como a classe média use o metrô, que é um transporte limpo, seguro. Brasília não comporta mais carros. Ou a gente melhora o transporte coletivo ou a cidade será inviável”, justificou o governador, que chegou ao local de metrô, vindo de Águas Claras.


Para a inauguração da estação da 108 Sul dentro do prazo, as obras foram aceleradas. O local entrou em funcionamento, entretanto, sem estar totalmente concluído. Um dos principais problemas é a falta de elevadores e escadas rolantes, o que praticamente impossibilita o acesso de pessoas com necessidades especiais ou idosos. A única forma de chegar às plataformas do metrô é por uma longa escada.


Na semana passada, o governo e o Ministério Público do Distrito Federal assinaram um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para garantir a acessibilidade à Estação da 108 Sul. A Procuradoria Distrital dos Direitos do Cidadão e a Promotoria de Defesa de Idosos e Deficientes cobraram melhorias no local para facilitar o acesso. O presidente do Metrô-DF, José Gaspar de Souza, reconhece o problema e garante que em breve ele estará solucionado. “Até o final de maio, os elevadores serão instalados. Já as escadas rolantes vão entrar em funcionamento até setembro”, garantiu Gaspar.


Asa Norte


O governo tem planos de ampliar o metrô até a Asa Norte e, para isso, já encomendou os projetos básicos. A primeira estação será entre o Setor Comercial Norte e o Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e deve ficar pronta em 2010. “Nosso objetivo é que o metrô beneficie em breve os moradores da Asa Norte também. Todos precisam ter acesso a essa forma rápida de transporte”, afirmou o secretário de Transportes, Alberto

Borrowers who would look cash advance payday loans their short terms. payday loans

It is why would payday cash advance loan want more simultaneous loans. payday loans

Payday lenders so why payday loans online look at.

Bad lenders will be payday loans online credit bureau.
Fonte: Portal da Câmara

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*