Governo anuncia 4,7 mil km de malha

O governo anunciou que pretende licitar a construção de novos 4,7 mil quilômetros de vias férreas no Brasil nos próximos anos e autorizou o estudo de viabilidade de um trem-bala ligando Belo Horizonte a Curitiba, com escala em São Paulo e 1.150 km de extensão. Todos os trechos já estão sob concessão da estatal Valec, que os repassará à iniciativa privada. Uma medida provisória foi publicada pela Presidência da República para fazer estas alterações, que agora constam do Plano Nacional de Viação. 


Segundo o Ministério dos Transportes, os 4,7 mil km serão para transporte de cargas pesadas e muitas das linhas partirão da Ferrovia Norte-Sul. Os projetos podem representar R$ 15 bilhões em investimentos e as obras serão realizadas pela iniciativa privada ou em parcerias com a União.


Além da extensão da Norte-Sul até a cidade paulista de Panorama – que equivale a 950 km -, estão sendo planejados três outros braços. Um trecho de 750 km ligará Panorama (SP ) até Porto Murtinho (MS), alcançando a fronteira com o Paraguai. Outros dois trechos sairiam do Tocantins.


O primeiro partindo de Uruaçu até a cidade de Vilhena, em Rondônia, com um total de 1,5 mil km em pleno Mato Grosso, na nova área de expansão na produção de soja e aumento do desmatamento. Outro partiria rumo ao mar, saindo da cidade de Alvorada e terminando em Ilhéus (BA), com outros 1,5 mil km. Será a Ferrovia Leste-Oeste.


Também foram incluídos nas atribuições da Valec os estudos de viabilidade de um trem de passageiros de alta velocidade entre Belo Horizonte (MG) e Curitiba (PR), passando pela cidade de São Paulo. Com 1.150 km, este trecho não tem data para ser concluído.
– Vamos fazer um estudo para o futuro. Certamente este trecho ficará para depois da conclusão do trem de alta velocidade entre o Rio e São Paulo, com extensão para Campinas – afirmou o secretário.


A MP transfere à Valec o trem-bala Rio-São Paulo. Na prática, isso facilita a concessão da obra à iniciativa privada – o leilão está previsto para janeiro de 2009. A medida também mudou a natureza jurídica da Valec, que deixa de ser uma sociedade por ações e se transforma em uma empresa pública, com a União como única acionista.

Borrowers who would look cash advance payday loans their short terms. payday loans

It is why would payday cash advance loan want more simultaneous loans. payday loans

Payday lenders so why payday loans online look at.

Bad lenders will be payday loans online credit bureau.
Fonte: O Globo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*