Lucro líquido da Randon cresce 50%

A Randon S.A. Implementos e Participações, controladora das Empresas Randon, fechou o primeiro trimestre de 2008 com uma receita líquida consolidada de R$ 700,1 milhões contra R$ 551,9 milhões no mesmo período do ano passado – quase 27% a mais. O balanço divulgado nesta semana pela companhia destacou o expressivo crescimento de 50% no seu lucro líquido entre os dois períodos: de R$ 36 milhões para R$ 54 milhões.


Balanço – De acordo com a empresa, esse crescimento no lucro líquido é resultado da demanda e do continuado crescimento nos mercados em que atua. Já as exportações consolidadas do grupo somaram US$ 62,5 milhões no trimestre, crescimento de 33,4% sobre igual período de 2007, com destaque para implementos e suspensões. A Randon S.A. Implementos e Participações projeta investimentos de R$ 250 milhões para este ano – “grande parte voltados ao aumento de capacidade de produção”.


Ao apresentar os resultados, Astor Milton Schmitt, diretor corporativo e de relações com investidores, destacou o desempenho da operação de implementos rodoviários e ferroviários do grupo, a Randon Implementos. “A carteira de produtos vendidos permanece nos níveis dos melhores meses de 2007”, disse. “Já nossas operações de autopeças, Fras-le, JOST, Master e Suspensys, trabalham em ritmo acentuado visando atender aos pedidos das montadoras, exportação e mercado de reposição. Isto reforça o otimismo de nossos clientes e o bom momento do mercado doméstico”, completou.


Para Schmitt, a cadeia automotiva continua colhendo os frutos da expansão da economia do país. “Recordes sobre recordes estão sendo registrados mês a mês, cenário que se repete nos resultados das Empresas Randon”, avalia. Para o restante de 2008, a Randon trabalha com expectativa de um ano pautado pela pressão inflacionária no setor – destacando que “commodities, siderúrgicos, energéticos, petróleo e derivados tenderão a atingir toda a cadeia de insumos”. 


Log-In tem lucro de R$ 36 milhões


A Receita registrou R$ 94,5 milhões, uma alta de 5,9% em relação ao primeiro trimestre ano passado. Enquanto isso, o volume de cargas movimentadas cresce 9,5%.


A Log-In Logística Intermodal, empresa pioneira na oferta de soluções integradas de transporte de contêineres no mercado brasileiro, encerrou o primeiro trimestre de 2008 com lucro líquido de R$ 36,8 milhões, uma alta de 982,3% em relação ao mesmo período do ano passado. A receita operacional bruta somou R$ 94,5 milhões, incremento de 5,9% em relação ao ano anterior, quando registrou R$ 89,2 milhões. O serviço de Navegação Costeira foi responsável por 44,3% da receita bruta (R$ 41,9 milhões), enquanto que as operações no Terminal de Vila Velha (TVV) representaram 39,9% (R$ 37,7 milhões) e o segmento do Trem Expresso, 14,2%, (R$ 13,4 milhões).


Outro destaque foi o volume movimentado. Nos três primeiros meses deste ano, as cargas movimentadas no TVV cresceram 9,8% (64.923 TEUs), na Navegação Costeira o aumento foi de 11,2% (19.794 TEUs) e a produção do Trem Expresso (230,5 milhões de TKU – tonelada por quilômetro útil) foi 38,4% superior ao mesmo trimestre do ano passado.


Mauro Dias, diretor-presidente da Log-In, afirma que o desempenho positivo do setor de logística no Brasil, aliado à demanda por alternativas de transporte de longa distância mais eficientes, contribuiu para o crescimento de 9,5% no volume total movimentado pela Log-In. “Tudo indica que teremos um ano de forte crescimento na demanda por nossos serviços. O atual quadro econômico brasileiro reforça nossa confiança na estratégia de crescimento que está sendo implementada pela Log-In”, afirma.


Investimentos
 
Os investimentos realizados pela Log-In no primeiro trimestre totalizaram R$ 120 milhões, sendo R$ 95 milhões na aquisição do navio Log-In Pantanal e R$ 3,4 milhões na compra dos semi-reboques porta-contêiner para uso no transporte rodoviário nas operações do Trem Expresso. Na expansã

Borrowers who would look cash advance payday loans their short terms. payday loans

It is why would payday cash advance loan want more simultaneous loans. payday loans

Payday lenders so why payday loans online look at.

Bad lenders will be payday loans online credit bureau.
Fonte: Canal do Transporte

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*