Vale torna estações de Carajás mais acessíveis

As estações do Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Carajás (EFC) estão sendo reformadas para permitir o acesso de pessoas com deficiência. No início deste ano, a estação ferroviária de São Luís recebeu novos equipamentos e passou por mudanças em sua estrutura física que compreendem a instalação de piso podotátil (indica a direção para o deficiente visual); rampas com corrimão e suportes para o guichê de atendimento preferencial para atender cadeirantes.


“Com essa mudança vamos permitir a circulação das pessoas com deficiência em todas as instalações das estações de forma mais segura e confortável. Até o fim de março vamos concluir a reforma nas estações de Santa Inês e Açailândia, no Maranhão, e Marabá e Parauapebas, no Pará. A miniestação de Arari e os demais pontos de parada localizados ao longo da ferrovia serão readequados até o fim deste ano”, explica a gerente do Trem de Passageiros, Helizane Ribeiro.


O Trem de Passageiros, que completa nesta quarta-feira (23/03) 25 anos de serviços, percorre 25 localidades no Maranhão e no Pará e atende por dia cerca de 1.300 pessoas. O trem parte de São Luís (MA) com destino a Parauapebas, no sudeste do Pará, sempre às segundas, quintas-feiras, e sábados. Às terças, sextas-feiras, e aos domingos, o trem faz o percurso de volta. Só não há viagem às quartas-feiras, quando é realizada a manutenção dos carros e locomotivas.


Libras – Ainda como parte das mudanças, a equipe de encarregados e supervisores do trem recebeu treinamento para aprender a Língua Brasileira de Sinais (Libras), utilizada por pessoas com deficiência auditiva. “Temos um grande público de pessoas com deficiência que vem a São Luís para tratamento, daí a importância de estarmos preparados para atendê-los da melhor forma possível”, frisa Helizane Ribeiro.


O Trem de Passageiros da EFC possui 26 carros, sendo que um deles foi adaptado para pessoas com deficiência em outubro de 2007. O carro é climatizado e possui duas alas: uma para cadeirantes e outra para pessoas com mobilidade reduzida, ambas com toda a estrutura necessária para este público. As tarifas cobradas são as mesmas da classe econômica tanto para as pessoas com deficiência, quanto para seus acompanhantes.


Em novembro de 2010, um ambulatório para atendimento de primeiros socorros foi instalado no carro adaptado para pessoas com deficiência. O serviço ambulatorial é realizado em uma sala climatizada, equipada com maca retrátil, cadeira de resgate e de rodas, multinebulizador, aparelhos de aferir pressão, termômetro digital, entre outros.


Os passageiros já contavam com o atendimento de primeiros socorros antes das melhorias, mas, desde o  final do ano passado recebem um atendimento mais confortável em razão da nova estrutura.


Além da equipe de técnicos de enfermagem a própria tripulação do trem – formada por chefes de trem, encarregados e comissários de bordo – foi capacitada para realizar os procedimentos de primeiros socorros. O serviço está disponível durante todo o percurso da viagem, mesmo antes de sua partida, na estação de São Luis, assim como na madrugada em Parauapebas (PA), caso haja necessidade. O carro também conta com fraldário e banheiro adaptados para cadeirantes.


Sobre o Trem de Passageiros


O Trem de Passageiros possui classes econômica e executiva, além de um carro-lanchonete. O valor do bilhete varia de acordo com a classe e o trecho escolhido. O passageiro que escolher a classe econômica pagará entre R$ 7,00 e R$ 41,00; já o bilhete da classe executiva custa entre R$ 20,00 e R$ 92,00. Todos os carros são equipados com monitores de TV que exibem filmes, além da programação do Canal Futura.


A Vale opera com reserva de duas passagens interestaduais gratuitas para idosos por viagem. Quando esgotadas as duas passagens, os demais idosos têm direito a 50% nos bilhetes para os assentos da classe econômica, nos trechos interestaduais. Para tanto, é preciso que se comprove ter 60 anos ou mais e renda igual ou inferior a dois salários mínimos, conforme o Estatuto do Idoso – Decreto Federal Nº 5.130 e com a Resolução Nº 654 da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), de julho de 2004.


Em São Luís, os bilhetes podem ser comprados em dois locais: na estação ferroviária no Anjo da Guarda ou na Rua do Passeio, 125 (Galeria La Ravardière, Loja 4, Centro, fone – 3232-0679). Pela internet (www.vale.com/tremdepassageiros) ou pelo Alô Ferrovias (0800-285-7000), o passageiro obtém os horários de chegada e partida do trem, bem como os preços das passagens, dicas de viagem, mapa da ferrovia, locais de compra de bilhetes, entre outras informações.

Borrowers who would look cash advance payday loans their short terms. payday loans

It is why would payday cash advance loan want more simultaneous loans. payday loans

Payday lenders so why payday loans online look at.

Bad lenders will be payday loans online credit bureau.
Fonte: Maranhão Hoje

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*