Ferrovia Estrela D’Oeste-Dourados será debatida dia 26

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), a Empresa de Planejamento e Logística (EPL) e o mandato do deputado Geraldo Resende (PMDB) vão realizar no dia 26 de abril, na Associação Comercial de Dourados a Audiência Participativa Oficial, que vai apresentar e discutir o projeto do ramal ferroviário que vai ligar Estrela D’Oeste, no Estado de São Paulo, a Dourados, denominado EF (Estrada de Ferro) 267.


Os detalhes da Audiência Participativa Oficial foram definidos na tarde de quarta-feira (10), na sede da ANTT, em Brasília. O evento é a segunda etapa de consulta pública para apresentação e debate sobre os novos traçados. “Antes das reuniões participativas locais, vamos abrir o sistema no portal da Agência, ainda na semana que vem, para realizar a tomada de subsídio, que é uma forma eletrônica da população apreciar e dar sugestões referentes à implantação”, afirmou o diretor da ANTT Carlos Fernando Nascimento.


A ANTT e a EPL estudaram três traçados diferentes e identificaram a viabilidade econômica, a atratividade e o respeito ambiental do projeto a ser apresentado no dia 26. “O traçado está pronto. Mas a população terá a oportunidade de opinar. Só o morador de onde vai passar o trilho sabe das especificidades das localidades”, afirmou o Gerente de Projetos Clauber Campelo.


A obra de implantação está prevista para iniciar em 2014. Ainda este ano, o trecho será licitado para concessão de construção e administração pela iniciativa privada. Segundo o cronograma do Governo Federal, até 2019, vagões e máquinas já estarão transitando na EF 267. Outra linha férrea, que passará pelo mesmo processo nos próximos meses é a que vai ligar Maracaju à Cascavel, no Paraná e ao Proto de Paranaguá, passando também por Dourados.


 “Para nós, é uma grande vitória. Estamos acompanhando a evolução da intenção do Governo Federal em investir no modal há quatro anos. Comemoramos muito ao saber que a rica região da Grande Dourados será cortada por duas linhas férreas. Os municípios estarão ligados com os principais portos do País”, afirmou Geraldo Resende, vice-presidente da Frente Parlamentar das Ferrovias.


Os trilhos a serem implantados serão de bitola larga, ou seja, de 1,60 metro. Esta tipologia possibilita o trânsito livre aos portos do Sudeste e do Sul, bem como a ligação com estados do Norte e Nordeste do País. A confirmação da implantação dos ramais que ligam a Ferro Oeste à Ferrovia Norte Sul ocorreu no dia 26 de março, quando Resende esteve em audiência com o diretor presidente da EPL Bernardo Figueiredo.


O modal ferroviário é o mais utilizado nos países de grandes economias. Além de diminuírem os custos de transporte, evitando o desperdício e os danos nas estradas, retira das vias grandes e pesados caminhões, possibilitando mais segurança nas rodovias. A reunião na ANTT na quarta-feira foi acompanhada pelo superintendente de Ferrovias Jean Mafra, que também estará presente na Audiência Participativa Oficial de Dourados.

Borrowers who would look cash advance payday loans their short terms. payday loans

It is why would payday cash advance loan want more simultaneous loans. payday loans

Payday lenders so why payday loans online look at.

Bad lenders will be payday loans online credit bureau.
Fonte: Jornal Agora MS

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*