Metrô prevê abrir chamamento público para o fornecimento de 44 novos trens

O Metrô de São Paulo prevê abrir um chamamento público para o fornecimento de 44 novas composições. A informação consta no Relatório Integrado – Metrô de São Paulo – 2019, e a aquisição consta em “Projetos e Metas 2020”.

O documento não cita a forma de aquisição e tão pouco para quais linhas seriam destinadas estas composições. Mas a empresa deve precisar de 22 composições para a extensão da Linha 2-Verde da Vila Prudente até a Penha. Os outros 22 seriam como reforço de frota nas linhas 1-Azul e 3-Vermelha, além da própria linha verde.

A ligação entre Jabaquara e Tucuruvi e entre Itaquera e Barra Funda terão um upgrade no sistema de sinalização, o CBTC, que deve permitir colocar mais trens na via.

Uma das formas que foi estudada para o recebimento da nova frota em 2018, foi por meio de leasing, um termo em inglês que significa Locação Financeira ou Arrendamento Mercantil onde é feito um contrato adquirindo um bem escolhido pelo cliente que pagará por um prazo determinado. O modelo é bastante usado na aviação.

De acordo com o chamamento nº 12/2018, os trens poderão ser usados nas linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha e devem ter características parecidas com as frotas atuais, tendo seis carros, capacidade de transporte de 2.000 passageiros e ar condicionado. A novidade é que as composições terão passagem livre entre os carros, inéditos na operação destas linhas.

No entanto, no documento mais recente da companhia, não consta o modelo de aquisição.

Fonte: https://viatrolebus.com.br/2020/04/metro-preve-abrir-chamamento-publico-para-o-fornecimento-de-44-novos-trens/

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*