Profissionais para a retomada de projetos ferroviários

TELMO GIOLITO PORTO
Professor-Doutor da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e diretor de Telar Engenharia.

Este tema é um “pátio de formação”! É preciso seguir um destino entre múltiplas possibilidades. Pode-se focar em gestão, operação, técnicos, engenheiros, em graduação e pós-graduação, em programas internos das operadoras ou em instituições. As aposentadorias de especialistas e a expectativa de demanda de pessoal por novas e renovadas concessões são desafios.

As operadoras oferecem programas, que incluem pessoal operacional, simuladores, treinamento em fornecedores e cursos técnicos. Também, nivelamento para trainees, para suprir carências de entrantes.

Você precisa ser assinante da Revista Ferroviária para ler este conteúdo. Por favor, faça o seu . Não é assinante? Assine aqui

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*