Luciana Santos, agora ministra de Lula, promete ajudar Metrô do Recife

Luciana Santos, ministra de Lula, promete ajudar sindicalistas com pauta contra privatização - FOTO: Divulgação
Luciana Santos, ministra de Lula, promete ajudar sindicalistas com pauta contra privatização - FOTO: Divulgação

JC UOL – O presidente do SINDMETROPE e vice-presidente da FENAMETRO, Luiz Soares, começou a articular reuniões com ministros e autoridades do novo Governo Federal, para tratar da recuperação do Metrô do Recife.

Nessa quinta-feira, 19/01, Luciana Santos, ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação, recebeu em seu gabinete  Luiz Soares, presidente do SINDMETROPE; Alda Lúcia, presidenta da FENAMETRO e presidenta do SINDMETROBH; o vice-presidente da FENAMETRODF, Manoel Messias; o vice-presidente do SINDMETROBH, Daniel Glória e a diretora do SINDMETROBH, Camila Silva.

De acordo com os sindicalistas, os assuntos abordados na audiência foram a suspensão do leilão do metrô de BH, a retirada da CBTU e Transurb do PND (Plano Nacional de Desestatização), a liberação de recursos financeiros para a manutenção e investimentos do Metrô do Recife, a fim de garantir metrô público de qualidade estatal, federal e com tarifa social.

“Esses são os principais objetivos, tanto do SINDMETROPE, da FENAMETRO e do SINDMETROBH, como também a ampliação das conquistas trabalhistas. É preciso recuperar as perdas nos últimos seis anos e garantir a CBTU e a TRANSURB pública estatal e federal”, explicaram os sindicalistas.

A reunião com a ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos, foi a primeira reunião que o presidente do SINDMETROPE e vice-presidente da FENAMETRO, Luiz Soares, articulou, com o objetivo de abrir novas articulações políticas com o Ministro das Cidades, Jader Barbalho Filho; o presidente do BNDES, Aluísio Mercadante e Rui Costa, ministro da Casa Civil.

Fonte: https://jc.ne10.uol.com.br/colunas/jamildo/2023/01/15163839-luciana-santos-agora-ministra-de-lula-promete-ajudar-metro-do-recife.html

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*