Recuperação das ferrovias em AL já começou

Reativação da rede ferroviária já é comemorada em muitos interiores do Estado. Depois de passar anos paradas, as ferrovias devem trazer novos investimentos e gerar empregos.


As obras começaram na primeira semana de outubro, no trecho que corta Arapiraca .o trabalho é lento e exige esforço físico. Os trilhos da antiga ferrovia estão conservados, mas em compensação, os dormentes, pedaços de madeira que sustentam a linha férrea apodreceram em sete anos de abandono, e estão sendo substituídos.


Em Alagoas, a recuperação exige mais de 500 homens e 550 km de ferrovia entre Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco, e Porto Real do Colégio, em Alagoas, onde a linha férrea corta 21 cidades da Zona da Mata ate o Baixo São Francisco. As obras custarão mais de R$ 100 milhões e desse valor R$ 80 milhões serão investidos só em Alagoas.


A Companhia Ferroviária do Nordeste, que detêm a concessão da ferrovia para uso e manutenção, pretende terminar a recuperação em um ano e meio. A obra tem como principal objetivo facilitar o escoamento de boa parte da produção agrícola e sucro-alcooleira de Alagoas, ligando o Estado ao restante do Nordeste e Sudeste, além da redução dos custos em relação aos transportes rodoviários. A Companhia informou que na recuperação também estão incluídas obras nos muros de contenção, pontes, bueiros e sistema de drenagem.

Borrowers who would look cash advance payday loans their short terms. payday loans

It is why would payday cash advance loan want more simultaneous loans. payday loans

Payday lenders so why payday loans online look at.

Bad lenders will be payday loans online credit bureau.
Fonte: Gazetaweb (AL)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*