Manaus assinará contrato de monotrilho até o fim do mês

Após reunião com o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, em Brasília (DF), que terminou na noite desta terça-feira (14), o governador do Amazonas, Omar Aziz, disse que o contrato com a Caixa Econômica Federal para a construção do monotrilho deverá ser assinado até o fim deste mês. A decisão foi tomada por meio da intermediação do Governo Federal junto ao banco, atendendo solicitação do governador.


“O ministro Aguinaldo Ribeiro determinou data. Até o fim de agosto a Caixa vai ter de analisar o projeto que já está lá há mais de um ano para que a gente possa assinar o contrato”, afirmou Omar Aziz.


Participaram da reunião com o ministro e o governador, a ministra do Planejamento, Miriam Belchior; a ministra da Cultura, Ana de Hollanda; o diretor executivo de Infraestrutura e Saneamento da Caixa Econômica Federal, Rogério de Paula; e o presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Luiz Fernando de Almeida.


Segundo o governador Omar Aziz, a participação do Ministério da Cultura e do Iphan na reunião foi muito importante para a conclusão da discussão sobre a obra no que diz respeito à proteção do centro histórico de Manaus. “O Iphan, assim como a Caixa Econômica, está com todo o interesse de permitir a agilidade desta obra”, frisou.


A partir do momento em que o contrato for assinado inicia o processo de liberação de verbas, que é gradativo conforme o andamento das obras. O valor do empréstimo para o monotrilho é da ordem de R$ 1,4 bilhão.


Omar Aziz destacou o empenho do Governo do Amazonas em solucionar este impasse com a Caixa afirmando que este será um dos maiores legados da Copa do Mundo de 2014 para o Estado. “Você fazer uma Copa e não deixar esse legado que vai beneficiar quem mora em Manaus seria algo que nos deixaria triste. Por isso nossa preocupação em resolver isso. Tenho certeza que com o contrato assinado, o trecho do monotrilho saindo da zona norte até a Arena da Amazônia estará pronto antes da Copa”.


Em um segundo momento, o prefeito de Manaus, Amazonino Mendes, participou da reunião no Ministério das Cidades para tratar sobre o projeto do BRT. Conforme o governador do Amazonas, Omar Aziz, o contrato desta obra de mobilidade também será firmado até o fim de agosto. “O projeto da Prefeitura já foi analisado e aprovado pela Caixa. Com a assinatura, a obra deve iniciar imediatamente”, afirmou Omar Aziz.


Arena da Amazônia


Sobre a construção da arena que receberá os jogos da Copa, Omar Aziz disse que a expectativa é que, nesta quarta-feira (15), o pleno do Tribunal de Contas da União aprove o valor da obra conforme o planejado pelo Estado, que deve fechar na ordem de R$ 529 milhões. “Nós tínhamos falado que não aceitaríamos um valor acima disso. E agora o TCU vai votar e deverá encaminhar essa decisão ao BNDES para que 80% dos recursos que faltam sejam liberados”, comemorou.


Habitação


Durante a reunião no Ministério das Cidades, também foi discutido o projeto de revitalização do Igarapé Cachoeira Grande/Franceses, na zona oeste de Manaus. A ordem de serviço para este projeto, previsto no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), já foi dada pelo governador e as obras não iniciaram por conta da cheia deste ano. “Até agora estávamos esperando as águas baixarem, mas a Caixa Econômica também já foi autorizada a assinar esse contrato com o Governo do Amazonas”, disse.


O projeto de urbanização do Igarapé Cachoeira Grande/Franceses prevê a construção de 2.358 casas. O investimento é da ordem de R$ 106 milhões, sendo R$ 26 milhões de contrapartida estadual.

Borrowers who would look cash advance payday loans their short terms. payday loans

It is why would payday cash advance loan want more simultaneous loans. payday loans

Payday lenders so why payday loans online look at.

Bad lenders will be payday loans online credit bureau.
Fonte: Portal D24am

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*