Revisão de tarifas de ferrovias beneficia exportador

As revisões de tarifas de concessões ferroviárias, publicadas nesta segunda-feira no Diário Oficial da União, deverão reduzir custos e dar mais previsibilidade para a indústria de soja, setor que é líder das exportações do agronegócio do Brasil.


A avaliação é da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), que foi uma das participantes da consulta pública realizada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) no processo de revisão tarifária.


“Dá mais proteção saber (a concessionária) que não vai jogar a tarifa lá pra cima”, comentou em entrevista à Reuters o secretário-geral da Abiove, Fábio Trigueirinho, sobre as medidas do governo.


Ele disse ainda que é difícil estimar a redução de custos que isso acarretará para as empresas, pois as tarifas variam dependendo dos trechos.


Nesta segunda-feira, a companhia de logística ALL, importante transportadora de produtos agrícolas, fertilizantes e combustíveis, informou ao mercado que a ANTT reduziu o teto tarifário de três empresas do grupo em até 47 por cento.


As revisões publicadas no DOU envolvem, além das concessões da ALL, vias como Estrada de Ferro Carajás, da Vale, Estrada de Ferro Vitória a Minas e as operadas pela MRS Logística.


Trigueirinho lembrou que a ANTT fez a revisão após um estudo de custos das ferrovias. Ele disse ainda que a medida é importante para atualizar tabelas cujas tarifas foram colocadas em patamares elevados na época da privatização, e que ainda foram corrigidas pela inflação ao longo do tempo.


“Vai beneficiar (o setor), e a medida serve de parâmetro em situações em que seja usuário dependente”, acrescentou ele, lembrando que em portos como o de Vitória só se opera com vagão. “É importante ter um parâmetro máximo para evitar alguma eventual distorção”, disse.


As exportações do complexo soja (grão, farelo e óleo) deverão atingir um novo recorde em valores na nova temporada, com um crescimento de plantio no Brasil e preços recordes da oleaginosa, segundo a associação.


A Abiove estima que as exportações do setor poderão se aproximar de 30 bilhões de dólares.


A íntegra das tarifas aplicadas está disponível em:
http://www.in.gov.br/visualiza/index.jsp?data=10/09/2012&jornal=1&pagina=88&totalArquivos=136


Leia também:


ANTF vai analisar revisão tarifária de ferrovias


 

Borrowers who would look cash advance payday loans their short terms. payday loans

It is why would payday cash advance loan want more simultaneous loans. payday loans

Payday lenders so why payday loans online look at.

Bad lenders will be payday loans online credit bureau.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*