CCR reverte prejuízo e registra lucro no 4º trimestre de 2019

A CCR reverteu o prejuízo registrado nos últimos três meses de 2018 e apurou lucro líquido de R$ 392,6 milhões no quarto trimestre de 2019.
No entanto, excluindo efeitos como o início da operação de novos contratos (como a ViaSul) e o pagamento da multa decorrente do acordo de leniência na “Operação Lava-Jato” – que atingiram os resultados de 2018 -, há uma redução de 3% no lucro, quando observada a comparação sob a mesma base.

Essa queda é fruto de um efeito contábil, provocado pelo fim do prazo de duas concessões rodoviárias importantes, a NovaDutra e a RodoNorte. Esse impacto já havia sido registrado no terceiro trimestre de 2019, e deverá aparecer nos balanços dos próximos trimestres, até o fim dos contratos.

A receita líquida da companhia teve um aumento de R$ 18,4% no período, para R$ 2,65 bilhões.
A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado atingiu R$ 1,5 bilhão, uma alta de 180,4% na comparação com igual período de 2018. Neste caso, assim como a linha de lucro, há distorções provocadas pelo acordo de leniência e pelo início de novos contratos de concessão, como a ViaSul.

Se observada a comparação na mesma base, o Ebitda registrou um aumento de quase 19,6%, que é fruto de uma redução nos custos da companhia e de um amadurecimento de concessões, como a do Metrô Bahia.

A empresa terminou o ano de 2019 com uma alavancagem (relação entre dívida líquida pelo Ebitda ajustado) de 2,4 vezes. No ano anterior, a relação era de 2,8 vezes.

A CCR enxerga, hoje, uma situação confortável de alavancagem para contrair endividamentos e participar de novos projetos que serão leiloados ao longo deste ano, informa a empresa nos comentários que acompanham a divulgação dos dados trimestrais.

Fonte: https://valor.globo.com/empresas/noticia/2020/03/05/ccr-reverte-prejuizo-e-registra-lucro-no-4o-trimestre-de-2019.ghtml

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*