Cartas

Malha Oeste

Infelizmente, o trecho ferroviário da antiga ferrovia NOB-Noroeste, agora chamada de Malha Oeste, entre Bauru e Corumbá, está praticamente abandonado pela Rumo. Só opera o trem de ferro por força de lei/liminar, mas investimento zero na via permanente e serve apenas um pequeno trecho. Daqui a pouco a ferrovia boliviana se interessa e pega essa carga toda.

Paulo Roberto
[email protected]


Você precisa ser assinante da Revista Ferroviária para ler este conteúdo. Por favor, faça o seu . Não é assinante? Assine aqui

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*